Logo

Posts Recentes



23/11/15

Como escolher uma profissão?


Oie amados, tudo bem?
Hoje vai ser mais um "desabafo" então podem se preparar pra me "ouvir" reclamando pakas da vida.

Pra começar, vamos dar uma lida no discurso de formatura que a Jess faz em Eclipse (se eu não me engano no livro não tem isso, faz bastante tempo que li, então nem lembro)


Vivemos sob efeito de muitos padrões e conceitos impostos pela sociedade e um deles é que desde já devemos saber o que queremos para o nosso futuro! (REPITO, F-U-T-U-R-O)
                                                      
                                  "O que você quer ser?"

Desde pequenos essa pergunta nos assombra, mas naquela época, podíamos sonhar alto sem ninguém ficar dizendo "isso é impossível" ou algo do tipo.
Quando ficamos maiores e vamos avançando nas series a história começa a mudar, já não é mais tão bem aceito você falar que quer ser Jogador de Futebol ou Ator, provavelmente, a unica coisa que vai ouvir são varias brincadeiras com a sua cara. Com isso, já percebemos os padrões sendo impostos, você já não é levado a serio por ter uma opção diferente do que seria o normal.

A partir de agora, só são aceitas profissões serias: Médicos, Advogados, Engenheiros.
E nem vou dizer que quando se fala de profissões são sempre as mesmas a serem citadas nos "discursos"

"Estamos formando vocês para serem nossos futuros médicos, advogados e blábláblá"

Ninguém diz que vocês serão os futuros Professores, Jornalistas, Agricultores, Administradores, Enfermeiros, Artistas, etc.
Ah e claro, são citadas apenas profissões com diplomas, não se ouve muitos: "Vocês serão os nossos futuros Blogueiros, Balconistas, Atendentes, Ajudantes, Garis, Garçons, Secretários, etc.
Ok, vamos ser realistas, o numero de pessoas que não pensam em fazer faculdade nos dias de hoje é baixo, mas não inexistente, por isso, não dar apoio pra quem quer seguir essas áreas é um erro.
A alienação da sociedade em relação ao assunto "o que ser no futuro" começa nessa "elitização" de profissões. É tipo o machismo, ta impregnado nas coisas mais simples e por isso acabamos nem percebendo!

" ... o que você tem que fazer ..."

Lembro que no meu primeiro dia de aula no ensino médio a maioria dos professores vinham com os mesmos assuntos:
"Hora de pensar no futuro" "Você tem que escolher algo" "Vestibular" "Responsabilidade" "Faculdade" "Dinheiro" "Emprego" (sdds pedir redação de como tinha sido as ferias)

E agora que estou chegando no fim dele:

Alheio: "Você quer prestar vestibular para...?"
Você: "Não sei"
Alheio: "O QUEEEE? MAS COMO ASSIM? VOCÊ JÁ VAI TERMINAR A ESCOLA, NÃO PODE FICAR PARADO, TEM QUE ENTRAR NA FACULDADE, VOCÊ VAI FICAR PRA TRAZ, TODO MUNDO JÁ SE DECIDIU E VOCÊ TA NESSA AINDA, A VIDA NÃO ESPERA NÃO EM, TEM QUE SER MAIS RESPONSÁVEL, PÉ NO CHÃO"
Você: " Já acabou Jessica ¬¬ ?" (não deu pra controlar, senti que era o certo a se fazer kkkkkkk)

E gente. NOPE. NÃO. N-Ã-O NO WAY. NEVER.
Entendam, não é só porque você está terminando a escola, que é obrigado a saber que profissão quer seguir. É seu futuro, SEU. De mais ninguém. Não são seus pais que vão viver pra você, não são seus amigos, nem seus familiares, nem ninguém da sociedade.
Não adianta ficar desesperado, achando que todo mundo já sabe o que quer e você tem que saber também. Pela primeira vez aquele "Você não é todo mundo" vale a pena ser dito.

Não faz mal, terminar e querer respirar um pouco, ficar "parado" um, dois, três anos.
Se é o que você quer, que seja. Cada escolha tem sua consequência, e se você decidiu um caminho vai ter que enfrentar qualquer que seja ela.
Independente se você escolheu ir pra faculdade, descansar um pouco e depois voltar a se preparar para os vestibulares ou até mesmo não ir para uma faculdade (meio radical, mas totalmente válido, se você optar por isso esteja preparado para lidar com muitas retalhações)

E olha, não tem problema arriscar. Tenta uma coisa, se não der certo, tenta outra. Como fala no discurso, nada é fixo.
Se errar, se enganar, não tem problema. É só recomeçar. O livre-arbítrio ta ai pra isso. A vida tem dessas galerê 

E por favor, como é dito no filme A Procura da Felicidade:
"Não deixe, nunca, ninguém te dizer que você não é capaz de fazer algo"
Ou como na musica Só os Loucos Sabem:
"O impossível é só questão de opinião"

Se é a sua vocação, o que você quer realmente fazer, então não tem problema nenhum lutar por esse sonho, por mais excepcional que ele seja.


Tudo que for feito com amor e perseverança de uma forma ou de outra vai dar frutos.
Não tem dessa de "mas isso não vai te dar dinheiro, com certeza vai ser pobre"

Não pense nas profissões como forma de ganhar dinheiro, mas sim como forma de ganhar uma vida feliz. O que adianta ter grana, mas não ter tempo nem disposição para aproveitar?
Com quase 100% de certeza qualquer pessoa que opte por uma profissão que não goste vai ter problemas, talvez não de imediato, mas já pode se preparar pro estresse exagerado, problemas em casa, velhice precoce, problemas em se relacionar com pessoas, problemas na saúde, etc.

Para mim vale muito mais uma vida simples, mas fazendo o que gosta, realmente aproveitando o seu dia, podendo chegar em casa satisfeito com o que fez e tendo algo feliz pra contar, do que ter dinheiro mas uma vida infeliz.
Dinheiro é importante, obvio, é com ele que vivemos, compramos coisas que nos agradam, viajamos... mas se você não estiver em boas condições físicas ou psicológicas não terá como aproveitar nada disso.


Assistam depois o clipe "Everybody's Free to Wear Sunscreen" ou a versão brasileira traduzida e narrada pelo Pedro Bial "Filtro Solar"
A mensagem é linda, serio. Acho que se levarmos essas palavras pra vida, vamos ser muito mais felizes.
E algumas partes me inspiraram a escrever esse post:



O blábláblá de hoje foi isso. Espero realmente que possa ajudar alguém de alguma forma ♥
Mas me conta ai nos comentários sua opinião sobre o assunto e tal, vamos conversar um pouquinho.
Beijos iluminadíssimos e até a próxima! 

27 comentários:

  1. Com certeza você ajudou muito e só reforçou como eu penso!
    Eu quero fazer Moda, e muita gente sempre diz "Moda não, precisa ter muito talento" "Você não vai se destaca em moda" e sinceramente eu já até pensei em desistir, mas moda é o que eu amo e eu não me vejo fazendo outra coisa.
    Amei seu post Ju <3
    Beijos

    http://dearitgirl.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que ótimo Mah ♥
      Não desiste mesmo não, se for pra ser, então tudo vai dar certo!!
      Obrigadaaaaaa ♥
      Beeijos

      Eliminar
  2. Que post lindo Júlia! <3 Eu já estou com 23 anos e não sei o que quero ser, quando criança tinha mais certezas. Hehe

    Beijos, Fran.
    www.delirioscotidianos.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Fran ♥
      Então haha a vida é assim mesmo.
      Beijos

      Eliminar
  3. É tenso isso... Eu curso publicidade, mais sinceramente ainda não sei se é o que eu quero...
    http://www.rosesonblack.com/2015/11/loja-de-vestidos-online-sherry-london.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, mas o que importa é que você pelo menos ta tentando, se mais pra frente descobrir que não é isso é só trocar ;)
      xx

      Eliminar
  4. Menina é desse jeito mesmo eu costumo dizer que o Jornalismo me escolheu mas sabe o que eu ouvi das pessoas: Jornalista ganha péssimo, corre risco de vida, não tem vida, é muito brega e um monte de coisa.
    Sabe que eu fiz? Como diz a Evelyn Regly: CAGA PRA OPINIÃO! Estou aqui no Jornalismo proximo de formar e todas as chances que Deus me der eu vou agarrar.
    Bjs

    http://www.caprichadissimas.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que gracinha falar desse jeito "jornalismo me escolheu" ^^
      Ouvi as mesmas coisas na época em que eu tava em duvida entre jornalismo ou publicidade.
      Evelyn ♥♥♥
      Isso mesmo mulher, parabéeens, tem que ser assim mesmo.
      Beeijos

      Eliminar
  5. Ah é desse jeito mesmo!
    Quando eu disse que queria fazer faculdade de moda, eu ouvi diversas e diversas vezes que eu iria passar fome, que eu não iria ter uma vida bem sucedida e etc.... Eu me desliguei desses comentários e segui o meu sonho. Um trabalho bem feito tem todo o reconhecimento, todo mesmo!

    Beijos,
    rodoviadezenove.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ouço bastante isso também quando digo que vou fazer publicidade! É um saco.
      Tem que fazer isso mesmo, se a gente ficar dando moral pra comentário negativo, cristo kk
      Com certeza ;)
      Beeijos

      Eliminar
  6. Te entendo muito bem com esse texto e infelizmente as coisas estão assim. É uma pena ver que profissões como balconista, atendente e coisas do tipo são vistas com preconceito pelas outras pessoas. Geralmente pensam que essas pessoas não tiveram estudo, não quiseram nada da vida mas a gente não sabe das condições e dificuldades de cada um. De qualquer forma, acho que é importante a gente ter uma profissão para garantir estabilidade mas ao mesmo tempo fazer o que gosta.

    Ainda me sinto perdida com esses assuntos de gente grande e preciso me encontrar. Mas agora me formando numa faculdade que eu não gostei muito aprendi a correr atrás daquilo que eu realmente gosto. As vezes esses tapas na cara servem para nos alertar sobre aquilo que é certo. :D

    Beijos!
    http://www.prateleiracolorida.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente com você!
      Sim, temos que pensar na parte financeira. Só não concordo quando alguém diz que simplesmente não pode fazer nada na área que gosta, porque não é lucrativo.
      É, isso é uma decisão importante e muito confusa, são tantas opções.
      Então, você arriscou algo e viu que não era bem isso, ótimo. A gente tem que tentar mesmo, e agora é correr atras de novos sonhos ♥
      Sim, precisamos de uns choques de realidade as vezes.
      Beeeijos

      Eliminar
  7. infelizmente as coisas são assim hoje em dia , eu concordo com muita coisa que disse mais pra mim cada um tem seu tempo e o mais importante e ser feliz , fazer algo que goste , mesmo que esses idiotas fiquem ai falando , enchendo o ouvido da gente . tudo tem seu tempo e errar é humano . confesso que to no 1° ano do ensino médio e já me decidi a muito tempo o que quero ser . então pesquise vá atrás do que te da prazer te anima . porque o seu futuro não depende de ninguém apenas de ti . e não liga pra essas pessoas idiotas que não tem mais o que fazer a não ser encher nossas cabeças de coisas , responsabilidades , relaxa tudo tem seu tempo :)
    beijos e olha seu post ficou 10 , tú tem futuro jovem kk escreve muito bem



    http://www.loucaapaixonada.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim sim, se você quiser decidir agora, decida, se quiser deixar mais para frente, que seja! O que importa é o que nós queremos para nós mesmos e não os outros.
      Aaai, obrigada ♥♥

      Beijão

      Eliminar
  8. Muito interessante seu texto...
    mas é como disseram, cada um tem seu tempo para descobrir o que realmente quer... e no fundo a maioria nunca vai ter certeza xD
    http://diariodelolivlet.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada.
      Sim, cada coisa em seu tempo.
      Acho que isso é verdade :// no fundo a maioria sempre tem uma duvida! Mas se você estiver feliz e satisfeito, vale a pena conviver com ela.

      xx

      Eliminar
  9. Que post lindo, Juba!
    Acho que se eu tivesse lido esse teu texto há uns 5 anos atrás, eu teria me sentido bem mais confortada na hora de "escolher" minha profissão. Na época eu pensei que seguiria a vontade dos meus pais e prestaria vestibular para Direito, mas percebi que não ia fazer aquilo por mim e sim por eles, hoje sou professora de Educação Física e bailarina e te digo, não é fácil "fazer o que quer" e às vezes as dificuldades são tão grandes que você começa a repensar se foi certo mesmo o que você escolheu, mas é confortador amar o que faz. Acho que o que não nos ensinam é que temos mesmo é que saber lidar com as nossas escolhas e entender como foi importante pra nós fazê-las. E penso também que não tem nada errado em não saber o que quer, o importante é sempre buscar. Eu estou sempre buscando xD

    Beijos!
    Heey, Maria! | Fanpage

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada xuxu ♥
      Isso é bem chato, esse lance de se sentir na necessidade de agradar nossos pais nesse sentido.
      QUE LINDO, BAILARINA ♥ Sou apaixonada por dança.
      Realmente, mas também não deve ser nem um pouco fácil fazer o que não se gosta, então o "custo X beneficio" de seguir seus sonhos são bem melhores ;)
      AI QUE LINDO, QUERO TATUAR ISSO NA MINHA TESTA: " Acho que o que não nos ensinam é que temos mesmo é que saber lidar com as nossas escolhas e entender como foi importante pra nós fazê-las."
      Ninguém nunca nos ensina essas coisas que deveriam ser essenciais pra vida,mas nos jogam nesse mundão sabendo de cor a formula de bhaskara, como lidar haha

      Beijão ♥

      Eliminar
  10. Júlia, que texto lindo e cheio de amor! Sei bem como você se sente, eu estava muito confusa quando tinha 15 anos. Hoje já faço faculdade, trabalho e sei do meu futuro! Mas, olha, não se desespere em descobrir o que quer, ainda tem muito tempo pela frente e tudo pode mudar em 2 anos!
    Adorei o seu blog, de verdade, porque me sinto muito parecida com você quando tinha sua idade. Toda faladeira e cheia de pensamentos para compartilhar! hahahah continue assim que você vai longe.
    Beijos,
    Vitoria | www.vitoriadozzo.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Vi ♥
      Ah, eu já optei meu curso também, só to na expectativa de conseguir passar o/
      Nossa, isso me deixa muito feliz, serio. Fico numa alegria que só quando valorizam o meu trabalho. :)))

      Beeijão ♥

      Eliminar
  11. Eu fico indignada quando falo para as pessoas que quero ser jornalista e elas dão aquele sorriso amarelo e acenam sem muito entusiasmo, como se tivessem certeza que tudo vai dar errado só porque eu decidi que não quero fazer medicina! Meu sonho é trabalhar numa revista, isso não é errado! E quando eu digo que quero fazer jornalismo por causa da fotografia, então...
    Acho que na hora de escolher uma profissão temos que pensar que seremos nós, e somente nós, os envolvidos. Quem vai viver nossas vidas somos nós, não nossos pais :v
    Acho que tem muita gente por aí que deveria ler esse seu texto lindo *-*
    Beijos.

    ResponderEliminar
  12. Bom estou meio nova para falar de rpofissão mas sabe aquilo que te encanta e se apaixona? desde meus 9 anos sonho em ser Webdesign ou WebMaster, e realmente agora falo com certeza que eu quero ser, minha familia super apoia e ajuda, e isso que me cativa mais a continuar a seguir meu sonho. pesquiso sempre cursos, novas ferramentas para melhorar, e sabe que é isso que me faz bem. Muita gente devia refletir, que a escolha vem com o tempo, e não com a pressa


    beijoss
    Moda Teen

    ResponderEliminar
  13. Que post maravilhoso, guria. Te entendo super. Já passei por isso e fiquei muito estressada porque enquanto todos meus amigos tinham a certeza do que queriam eu tinha era um grande ponto de interrogação. A verdade é que pra mim é muito difícil pensar que tenho que fazer uma coisa pelo resto de minha vida. Mas é só falar isso pra alguém que já rola a indignação ''COMO ASSIM? Você tem que saber e blah, blah, blah'' Agora decidi, vou fazer Design Visual mas quem pode afirmar que daqui a 10 anos não vou querer mudar?? Aiai
    Adorei, beijo!

    http://sorriso-espontaneo.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  14. Gostei muito da sua maturidade! As pessoas querem colocar na cabeça de que se você não sabe ao certo qual profissão seguir você está com sérios problemas, sua vida etá em risco, e blá blá blá. Não é bem assim, essa decisão tem que ser pensada direitinho. Nem sempre o que a gente acha que é a nossa profissão dos sonhos é aquilo que a gente realmente gosta e no fim acabamos frustados e gastando nossas energias em algo que não nos faz bem. Cada um tem a sua própria vida, é preciso respeitar isso. Gostei da frase do "descanso" após o fim do ensino médio, é uma atitude a ser considerada!
    Beijos

    www.Juhlihipy.com

    ResponderEliminar
  15. Concordo com você, sempre existiu a valorização de determinadas profissões. As pessoas sempre vêm a sua profissão como um salário que você irá ganhar mas não é apenas isso tem outros diversos fatores até mais importante que o dinheiro na composição de uma profissão, sempre tive o seguinte pensamento: trabalhe com o que ame pois você passará mais tempo no trabalho do que em casa.

    ResponderEliminar
  16. Amei o seu post!
    Sei muito bem como é a indecisão de escolher uma faculdade, de ver e ouvir algumas pessoas torcendo o nariz pro curso que você escolheu. Eu já entrei em uma faculdade, tranquei, estou fazendo outra e concordo que com certeza é muito melhor você acordar todos os dias de manhã e fazer o que ama, mesmo levando uma vida simples a não gostar do que faz e passar a semana toda torcendo pro final de semana chegar e você se livrar daquele trabalho chato, que te dá dinheiro mas não te dá prazer algum em trabalhar.

    Beijos
    Senhorita Marmelada

    ResponderEliminar
  17. Muito bom o post! A gente vive em uma sociedade que acaba nos obrigando a seguir sempre o mesmo caminho: escola - faculdade - emprego - casar - filhos. Não precisa ser assim, nem nessa ordem nem desse jeito. As vezes nem está na hora de escolher nada, ou se escolhe mas mais adiante se muda e tudo isso é normal. Cada um devia mesmo era cuidar da sua vida e de seus próprios sonhos ;)
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderEliminar

Obrigada por comentar ♥
Se quiser, deixe seu link para eu poder te visitar ♥
Beijos!